Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Quando “eles” querem experimentar as tarefas domésticas
Imprimir Partilhar por email
Está cada vez mais na ordem do dia a Igualdade de Género e a importância de dar espaço aos homens nas lides domésticas.
 
Está provado que, realizar as lides da casa em família, não só é agradável para miúdos e graúdos, como para homens e mulheres. Ao mesmo tempo, dizem os casais que já o fazem que, é uma excelente forma de puxar pela imaginação, de descontrair após um dia de trabalho e de união familiar. Vamos experimentar?
 
A mulher não deve partir do pressuposto de que ela é “a dona” da casa e que é quem sabe fazer. Deve sim estar disponível para quando ele tem dúvidas. Nesse caso, não é uma professora que o ensina, mas é uma oportunidade de experimentarem algo novo juntos.
 
Como em qualquer iniciação, deve-se começar pelas tarefas mais divertidas e de grau de dificuldade reduzido, como aspirar, limpar o pó ou fazer a cama.
 
Uma sugestão pode passar para que, antes de iniciarem as tarefas, se sentem à mesa em família e façam um plano semanal do que é preciso fazer. Depois fazem a correta distribuição das mesmas pelos vários elementos. Na semana seguinte, trocam as tarefas e assim sucessivamente.
 
À medida em que os “trabalhadores” vão ficando mais aptos, aumenta-se o grau de dificuldade que é o mesmo que dizer que se vão acrescentando novas tarefas. Acreditem que esta é uma excelente forma de diversão, descompressão e de utilidade da energia e criatividade de cada membro da família numa tarefa. Como tudo precisa de uma organização, não deixe de fazer esse planeamento, pois é muito mais fácil cumprir com sucesso aquilo que é pedido.
 
Faça também a lista de compras e os menus das refeições em família, pois dessa forma aproveitam para se alimentarem melhor, com menos comida industrializada e mais agrado porque é confecionado tudo em casa.
 
Ao domingo, façam o plano para a semana que se vai iniciar.
 
Decidam quem faz as compras por ter mais tempo, quem faz a cama de manhã, quem coloca a roupa na máquina e a secar, sabendo que cada um já sabe que deposita a roupa suja no cesto.
 
Enquanto o jantar se faz, aproveita-se para por a mesa, para passar a vassoura pelo chão e, partindo do princípio de que todos estiveram fora de casa, cada um faz a sua tarefa de forma ordeira.
 
É natural que, nos primeiros ensaios, não corra tudo dentro da perfeição, mas também não é o que se pretende nesta fase. Importa sim que se definam posições e tarefas para iniciar um novo estilo de vida dentro de casa.
 
Podem fazer um balanço de como correu a primeira semana quando preparam a segunda. Nesse momento, todos podem refletir sobre o que podem melhorar e aquilo para que precisam de mais ajuda. Acredite que para além do prazer de estar em família, estas tarefas unem as pessoas em torno do seu espaço de conforto que é a casa, ao mesmo tempo que delimita o respeito pelo espaço, ritmo e forma de realizar de cada um.
 
Mesmo com um casamento de vários anos, é possível incluir este novo método de organização da casa, basta que se queira fazer algo novo e, como estamos sempre a aprender, devemos partir dessa base também para aquilo que nos faz bem.
 
É importante que não desistam às primeiras dificuldades e que todos estejam disponíveis para esta nova etapa, o resto, consegue-se com empenho e carinho. Boa sorte!
 
Fátima Fernandes
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Curso para pais precisa-se!



-

Sabe lidar com “os filhos digitais”?



-

Deixe o seu filho mostrar-lhe o que sabe fazer



-

Quando nascem os filhos, o casal tem de se “reconstruir”



-

Quando amamos, somos honestos e verdadeiros



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Golfinhos encurralados na Ria Formosa salvos a tempo

Golfinhos encurralados na Ria Formosa salvos a tempo

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Incêndios:Fuzileiros patrulham zonas rurais do Algarve

Incêndios:Fuzileiros patrulham zonas rurais do Algarve

ver mais
 
VRSA:Novo trabalho de Fernando Pessanha apresentado no Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes

VRSA:Novo trabalho de Fernando Pessanha apresentado no Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes

ver mais
 
Exposição em Loulé com “O Homem que só queria ser Tóssan”

Exposição em Loulé com “O Homem que só queria ser Tóssan”

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio