Desporto

Rui Costa vai regressar à Volta ao Algarve com as cores da Intermarché-Circus-Wanty

 
O português Rui Costa vai regressar à Volta ao Algarve com as cores da Intermarché-Circus-Wanty, revelou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), indicando que a BORA-hansgrohe também estará na edição que decorre entre 15 e 19 de fevereiro.

Ausente na passada edição, o campeão mundial de fundo de 2013 vai regressar a uma prova na qual já foi feliz, tendo subido ao último lugar do pódio da ‘Algarvia’ em 2014.
 
Rui Costa, que desistiu em 2021 devido a queda, é o principal destaque da equipa belga, que terá a companhia da BORA-hansgrohe.
 
“São duas equipas do WorldTour, começaram ambas a participar na Volta ao Algarve em 2014, quando ainda competiam como ProTeams, viveram em 2022 uma das melhores épocas de sempre de cada uma das estruturas. E estão garantidas no pelotão da 49.ª Volta ao Algarve, de 15 a 19 de fevereiro de 2023”, destaca a FPC, recordando que as formações alemã e belga são, respetivamente, a quarta e quinta classificadas do 'ranking' mundial por equipas desta temporada.
 
A BORA-hansgrohe, que participará pela 10.ª vez consecutiva na prova portuguesa, foi protagonista na última edição, graças à vitória de Sergio Higuita no alto do Malhão, e em 2020, quando Maximilian Schachmann foi o segundo da classificação geral, apenas batido por Remco Evenepoel.
 
As duas equipas hoje anunciadas juntam-se às já confirmadas Alpecin-Deceuninck, Groupama-FDJ, Arkéa-Samsic e DSM, que estarão todas no escalão principal do ciclismo mundial na próxima temporada.
 
Lusa