Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Temos de nos assumir tal como somos
Imprimir Partilhar por email
O mesmo é dizer que nos assumimos como responsáveis pelas nossas escolhas, pelo nosso estilo de vida, pelas nossas opções e pelo sentido que damos aos valores que recebemos da nossa cultura.
 
Se nos aceitarmos a nós próprios, mais facilmente seremos aceites e respeitados pelos outros, basta que para isso, não entremos em fundamentalismos e que igualmente respeitemos os outros na sua condição diferente.
 
Acredito que, muito mais que sermos aceites pela sociedade, precisamos de nos assumir e aceitar as nossas características, pois só assim as poderemos melhorar, alterar quando necessário e sermos responsáveis pela nossa vida.
 
A felicidade individual depende precisamente desta postura, desta capacidade de encontro pessoal, da liberdade de nos olharmos ao espelho e dizermos que gostamos de nós próprios, que sabemos que podemos melhorar e que os outros são diferentes de nós, mas que igualmente merecem o nosso respeito.
 
Esta afirmação pessoal nada tem a ver com a exibição do Ego, mas sim com a aceitação daquilo que temos, somos e podemos vir a ser. Assumirmo-nos tal como somos também pode traduzir a publicação de uma imagem nas redes sociais, de comentários e publicações pessoais, mas é muito mais do que isso, é olharmos para nós tal e qual como somos, aceitar, assumir e gostar. É não nos preocuparmos tanto com o que pensam de nós e concentrarmo-nos mais naquilo que podemos ser e fazer para melhorarmos a nossa autoimagem e autoestima.
 
Não acredito que exibir a nossa imagem nas redes sociais nos melhore a autoestima, mas sim, coloca-nos à consideração do que os outros pensam de nós. O encontro pessoal acontece na avaliação diária das nossas atitudes e comportamentos. Eu ser capaz de dizer a mim mesma que não gostei da minha postura numa reunião e que acredito que posso ter um desempenho melhor numa segunda oportunidade. É assumir uma falha e procurar informação que me permita melhorar o que sou através da correção desse erro, é assumir-me como imperfeita, mas com vontade de aprender mais e fazer de forma diferente noutra ocasião.
 
É aceitar que nem toda a gente gosta de mim ou que me valoriza, mas que, mesmo assim, eu acredito nas minhas capacidades e trabalho diariamente para melhorar aquilo de que menos gosto em mim. Assumirmo-nos implica vermo-nos de forma alargada e num todo; com qualidades positivas e negativas e, quanto mais desenvolvermos essa capacidade, mais felizes e realizados seremos porque temos oportunidade de melhorar os nossos pontos fracos, de corrigir os nossos erros e dar ênfase ao que temos de melhor. Com este equilíbrio seremos certamente mais livres, confiantes e felizes, basta que façamos um primeiro esforço em querer ver a realidade.
 
Tenho peso a mais? Gosto de estar assim ou quero perder peso? Sou eu que decido e assumo as minhas escolhas, logo também sou responsável por colher os frutos daquilo que planto. Sou responsável pelas minhas conquistas e pela minha luta para ser mais feliz, tal como sou responsável por aquilo que quero melhorar e que correu menos bem. Isso é ser uma pessoa assumida! Isso é ser exigentes connosco próprios, mas acima de tudo realistas e pragmáticos.
 
Eu assumo os meus sentimentos, vontades, pensamentos e comportamentos, e você?
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87385)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37140)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19189)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13990)

Não podemos viver sem amor

(11988)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10989)

A mentira: um mal necessário

(9147)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9046)

Idade não traduz maturidade

(8830)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8330)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8278)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8011)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6799)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5714)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5595)

É Demissexual?

(5344)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5294)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5145)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5097)

A “ciência” do aperto de mão

(4713)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4706)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4666)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4648)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4523)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4472)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4457)

O poder das ervas aromáticas

(4428)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4339)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4239)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4223)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4167)

A família é a base do sucesso escolar

(4126)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4052)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4045)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4045)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4019)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4018)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4008)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3990)

O que muda na mulher aos 40?

(3944)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3842)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3816)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3737)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3636)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3632)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3618)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3610)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3550)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3527)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3525)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Eram precisos 100 mil euros mas comunidade estrangeira da Quinta do Lago angariou mais de 350 mil

Eram precisos 100 mil euros mas comunidade estrangeira da Quinta do Lago angariou mais de 350 mil

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Idosa internada há algum tempo no Hospital de Faro também tem Covid.19

Idosa internada há algum tempo no Hospital de Faro também tem Covid.19

ver mais
 
Covid.19 - Albufeira supera Faro em número de casos

Covid.19 - Albufeira supera Faro em número de casos

ver mais
 
Covid.19 - Doentes algarvios que vão às urgências não são submetidos ao teste

Covid.19 - Doentes algarvios que vão às urgências não são submetidos ao teste

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio