Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Torne-se «um mestre» na resolução dos seus problemas
Imprimir Partilhar por email
Já dizia Carl Jung: que, “O sapato que se ajusta a um homem aperta o outro; não há nada para a vida que funcione em todos os casos”, pelo que cada pessoa terá de encontrar sempre a solução mais indicada para fazer face aos seus problemas, no entanto, há um conjunto de dicas que o podem ajudar a pensar melhor para que possa fazer face aos desafios com uma nova postura. Esta é a base deste apontamento: ajudar a que se organize melhor para que encontre as melhores respostas para os seus problemas.
 
Em primeiro lugar, é importante ter em conta que, ninguém consegue resolver um problema quando está envolvido diretamente nele, quando tem as emoções comprometidas no que precisa solucionar e, ainda menos quando não o consegue ver de fora; como se não lhe pertencesse, por isso, as técnicas que lhe apresento vão nesse sentido, aprender a distanciar-se do assunto para que o possa encarar com mais lucidez e pragmatismo.
 
1. Aceite o problema
 
Não se pode resolver algo quando negamos o que se passou ou está a acontecer. Enquanto resistimos em aceitar que o problema existe, desperdiçamos grande energia e, alimentamos ainda mais o seu prejuízo. Direcione as suas energias de forma a encontrar alternativas positivas para resolver as questões da melhor forma possível.
 
2. Identifique a amplitude do problema
 
As preocupações acabam por distorcer a amplitude das situações difíceis. Tente não alimentar pensamentos negativos sobre o assunto. A mente, nesses casos, pode confundir-se e aumentar a extensão do problema. Tente ser mais racional e analise melhor a situação.
 
3. Procure novos conhecimentos
 
Conhecer melhor a questão pode diminuir a ansiedade e a insegurança para enfrentar o desafio que se apresenta na sua vida. O conhecimento afasta o medo em torno de um problema. Uma boa leitura acerca de situações semelhantes, ajuda a colocar o problema de forma “impessoal”.
 
4. Tenha sempre um plano “B”
 
É importante ter sempre alternativas em mãos. Antes de tentar, ninguém sabe o resultado, por isso, pense sempre numa alternativa caso a solução aplicada não funcione.
 
5. Afaste o dever de estar certo
 
Um passo importante na resolução de problemas, é aceitar o erro como uma possibilidade. Ninguém consegue ter a certeza de que algo irá funcionar e de forma duradoura, por isso, aceite “respostas temporárias” para que possa ir ganhando novos conteúdos e se aproximar da melhor solução.
 
6. Use a Lei de Parkinson
 
 “O trabalho expande-se de modo a preencher o tempo disponível para a sua realização”. Essa é a Lei de Parkinson que pode usar a seu favor ao colocar urgência nas suas ações. Quem tem muito tempo, não tem tempo para nada. O ideal é não procrastinar e concentrar a sua mente no sentido de procurar soluções e agir.
 
7. Aproveite a experiência
 
Cada problema pelo qual passamos é uma experiência que nos vai enriquecer e preparar melhor para um novo desafio. Nesse sentido, entenda que se falhou naquela vez, terá mais possibilidades de obter melhores resultados na seguinte. Se entender assim a resolução de problemas, vai aprender muito mais, elaborar-se melhor e estar cada vez mais preparado para enfrentar novos desafios. Aprender com as experiências é sempre a melhor solução para dar a um problema e para prevenir outro semelhante.
 
É sempre importante ter em mente que, cada pessoa é responsável pela sua vida e pelos seus próprios problemas, pelo que será da sua responsabilidade também encontrar as melhores soluções e evitar cometer os mesmos erros. Aceitar as falhas ajuda muito neste processo e é a base para nos munirmos de forças para enfrentar os problemas e para os resolver. É também dessa aceitação que resulta a capacidade de saber mais e de viver melhor. Ninguém consegue viver sem problemas, mas a forma como os resolvemos pode fazer toda a diferença no sucesso ou no insucesso que temos perante as situações.
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87383)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37137)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19180)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13986)

Não podemos viver sem amor

(11987)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10987)

A mentira: um mal necessário

(9146)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9043)

Idade não traduz maturidade

(8828)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8329)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8277)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8009)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6797)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5713)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5595)

É Demissexual?

(5342)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5293)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5143)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5096)

A “ciência” do aperto de mão

(4711)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4705)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4664)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4647)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4522)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4471)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4456)

O poder das ervas aromáticas

(4426)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4337)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4237)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4222)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4166)

A família é a base do sucesso escolar

(4125)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4050)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4044)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4043)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4017)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4017)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4007)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3989)

O que muda na mulher aos 40?

(3943)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3841)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3815)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3735)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3635)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3631)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3617)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3608)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3549)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3526)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3524)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Covid.19: 4º óbito no Algarve registado no Hospital de Portimão

Covid.19: 4º óbito no Algarve registado no Hospital de Portimão

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Covid.19 - Doentes algarvios que vão às urgências não são submetidos ao teste

Covid.19 - Doentes algarvios que vão às urgências não são submetidos ao teste

ver mais
 
Câmara de Loulé lançou plano de promoção à saúde pública e reforça orçamento das famílias e empresas

Câmara de Loulé lançou plano de promoção à saúde pública e reforça orçamento das famílias e empresas

ver mais
 
Suspeitas de homicídio de jovem de 21 anos ficam em prisão preventiva

Suspeitas de homicídio de jovem de 21 anos ficam em prisão preventiva

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio