Economia

Trabalhadores do Vilanova Resort vão à Região de Turismo do Algarve para denunciar salários em atraso

Trabalhadores do Vila Nova Resort (foto Sindicato da Hotelaria do Algarve)
Trabalhadores do Vila Nova Resort (foto Sindicato da Hotelaria do Algarve)
Os trabalhadores do Vilanova Resort, em Albufeira, vão concentrar-se em frente à Região de Turismo do Algarve, no próxima segunda-feira, 13 de julho, pelas 10h00.

 
Os trabalhadores pretendem denunciar "o abandono a que foram votados pela administração", conforme refere nota do Sindicato da Hotelaria do Algarve. Pelas 10h30 irá realizar-se uma reunião com a RTA e pelas 11h30 será realizada uma conferência de imprensa no local.
 
A administração do Vilanova Resort continua sem pagar os salários de março, abril, maio e junho, mesmo depois de ter recebido o apoio da Segurança Social para o apoio à manutenção dos postos de trabalho, referente aos meses de abril e maio, e esta sexta-feira, retirou o letreiro publicitário da fachada do edifício, tendo na semana passada trocado as fechaduras para impedir o acesso dos trabalhadores às instalaçõe, explicam o sindicalistas.
 
Em comunicado o Sindicato pediu a intervenção da Autoridade das Condições do Trabalho, contudo, diz não ter obtido qualquer informação formal sobre a situação. Numa reunião, na Unidade Local de Faro da ACT, a pedido do sindicato, realizada no dia 6 de junho, foi informado de que a ACT não iria fazer participação ao Ministério Público pelo facto da empresa ter recebido verbas da Segurança Social referentes ao lay-off simplificado e não ter ainda pago qualquer valor aos trabalhadores. O Sindicato está a ponderar fazer essa participação ao Ministério Publico, considerando, no entanto, que essa é uma responsabilidade e um dever da ACT.
 
O sindicato pediu ainda uma reunião à Segurança Social, a qual está marcada para o próximo dia 15 de julho, cujo objetivo passa por responsabilizar a Administração do resort pela situação.