Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Volta ao Algarve já é marca de prestígio da região

Volta ao Algarve já é marca de prestígio da região
Imprimir Partilhar por email
07-02-2019 - 14:47
Foi hoje apresentada oficialmente a 45ª Volta ao Algarve em Bicicleta, no Auditório da RTA - Região de Turismo do Algarve.
 
Uma cerimónia que contou com as presenças do Presidente da RTA, João Fernandes, Presidente da AMAL, Jorge Botelho, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmiro Pereira e Custódio Moreno, diretor regional do IPDJ, que também representou o Secretário de Estado da Juvetunde e Desporto, para além de outros convidados como Anabela Afonso, Comissária do 365 Algarve e representantes de municípios.
 
A prova vai percorrer as principais cidades da região entre 20 e 24 de fevereiro, num percurso com 778,6 quilómetros divididos por cinco etapas. 
 
O evento contará com alguns dos atletas nacionais e internacionais mais importantes do mundo do ciclismo.
 
Portimão vai receber o início da Volta ao Algarve, que acaba mais uma vez no Alto do Malhão, no concelho de Loulé.
 
João Fernandes destacou os profissionais que estarão no Algarve mas também os amadores que se inscreveram na prova Granfondo, e que querem partilhar o prazer do ciclismo, não só nacionais como europeus.
 
O responsável revelou aos jornalistas que a prova vai ter este ano «mais expressão mediática» com os diretos da Eurosport e da TVI24, chegando as imagens do Algarve a 120 países, e a mais de 150 milhões de lares, «num dos eventos desportivos de maior impacto a nível internacional». 
 
O Presidente da RTA, afirmou que a Volta ao Algarve é uma «proposta que releva a região nos grandes eventos desportivos».
 
Custódio Moreno, diretor regional do IPDJ, mostrou toda a disponibilidade da parte do Governo, em apoiar a Volta ao Algarve, na medida em que promove a região lá fora e para os que cá estão, «têm o ciclismo de grande qualidade à porta de casa»
 
O diretor regional enfatizou que «estamos a falar de uma modalidade com grande impacto na região, com 59 clubes de ciclismo e mais de mil atletas».
 
Apesar da bicicleta ser cada vez mais um meio saudável de mobilidade, Custódio Moreno diz que falta fazer mais junto das novas gerações, exemplificando com um estudo que confirma «que cerca de 50% das escolas do ensino básico, não têm acesso para bicicletas».
 
Jorge Botelho, Presidente da AMAL, começou por dar os parabéns aos Presidentes da RTA e da Federação Portuguesa de Ciclismo, «porque se têm batido para que a Volta ao Algarve, não seja ultrapassada pela forte concorrência, numa fase que marca o arranque da temporada velocipédica».
 
O autarca de Tavira, justificou o apoio dos 16 municípios, «uns mais cedo outros mais tarde, perceberam a importância que tem este evento, como sendo um cartão de visita dos seus territórios, com imagens espetaculares, numa prova em que devemos todos ter orgulho, onde os melhores do mundo e do país estão cá».
 
Jorge Botelho não esqueceu que o setor do Cycling é muito promissor para a atividade económica da região, «primeiro porque é um desporto para todos e para todas as idades, e é desenvolvido particularmente na época baixa, ao ponto de ser já uma marca do Algarve e dos Municípios terem criado mais circuitos, trilhos e uma oferta à escala global».
 
 
Delmiro Pereira, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, confirmou que a edição deste ano da  Volta ao Algarve, «é a que terá maior dimensão, e que se afirma perante outros países poderosos com provas nesta altura do ano, como o Médio Oriente ou a Colômbia».
 
Para que se tenha uma ideia sobre a importância estratégica da Volta ao Algarve, o Presidente da Federação de Ciclismo disse que a Volta à Andaluzia (Espanha) , recebe 6 equipas do WorldTour enquanto que a volta algarvia tem 12 equipas.
 
Delmiro Pereira não hesitou em dizer que a «marca Algarve está a ser prestigiada», notando que as equipas portuguesas de ciclismo também se preparam mais e melhor, com maior ambição quando chegam à "algarvia".
 
Focou também um estudo que demonstra o poder das novas tecnologias junto dos profissionais, envolvendo cerca de 13 milhões de seguidores, e o impacto que o Algarve terá nas redes sociais, sustentando que os ciclistas que ganham a Volta ao Algarve, «são sem dúvida corredores de grande prestígio nas provas mundiais».
 
A componente complementar do evento foi igualmente tida em conta, com destaque para a prova Granfondo, com mais de 800 inscritos «em que 30% por cento são estrangeiros», também a Volta Feminina, um passeio de bicicleta que acontecerá em Albufeira, só para mulheres, «queremos ultrapassar barreiras e demonstrar que o ciclismo pode e dever ser praticado por ambos os sexos», realçou.
 
Outra novidade passa pela "Volta ao Algarve - Kids", numa parceria com o Mar Shopping (Loulé), que será basicamente uma pista de ciclismo para que os mais novos andem de bicicleta e se interessem pela modalidade.
 
Finalmente antes da partida da etapa de Faro, está prevista uma prova de ciclismo para cegos, como prova que a modalidade é também inclusiva.
 
Ao todo o custo da Volta ao Algarve ronda os 500 mil euros, com Delmiro Pereira a agradecer o apoio das entidades públicas, incentivando à participação dos privados.   
 
Etapas:
20 de Fevereiro - 1.ª Etapa: Portimão - Lagos, 199,1 km
 
21 de Fevereiro - 2.ª Etapa: Almodôvar - Fóia, 187,4 km
 
22 de Fevereiro - 3.ª Etapa: Lagoa - Lagoa, 20,3 km (CRI)
 
23 de Fevereiro - 4.ª Etapa: Albufeira - Tavira, 198,3 km
 
24 de Fevereiro - 5.ª Etapa: Faro - Malhão, 173,5 km
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Tavirense Beatriz Guerreiro estreia-se e vence Torneio de Desenvolvimento da UEFA por Portugal



-

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto dois dias no Algarve para grandes eventos desportivos



-

Campeã do Mundo de Bodyboard visita escolas em Quarteira e Amancil



-

Clube Desportivo Marítimo Olhanense cria equipa de futebol feminino acreditando no seu futuro



-

II Liga:Farense perde com a Académica e cai para o 12º lugar



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Clube Desportivo Marítimo Olhanense cria equipa de futebol feminino acreditando no seu futuro

Clube Desportivo Marítimo Olhanense cria equipa de futebol feminino acreditando no seu futuro

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tavirense Beatriz Guerreiro estreia-se e vence Torneio de Desenvolvimento da UEFA por Portugal

Tavirense Beatriz Guerreiro estreia-se e vence Torneio de Desenvolvimento da UEFA por Portugal

ver mais
 
Secretário de Estado da Juventude e do Desporto dois dias no Algarve para grandes eventos desportivos

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto dois dias no Algarve para grandes eventos desportivos

ver mais
 
Câmara de Loulé investe 2,6 milhões para "aproximar Quarteira a Vilamoura"

Câmara de Loulé investe 2,6 milhões para "aproximar Quarteira a Vilamoura"

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio