Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

VRSA:CDU rejeita venda de fração do prédio do Hotel Guadiana

VRSA:CDU rejeita venda de fração do prédio do Hotel Guadiana
Imprimir Partilhar por email
05-09-2019 - 09:40
A maioria PSD na Câmara Municipal de Vila Real de Santo António rejeitou esta quarta-feira em reunião, uma proposta da CDU para que a SGU, empresa em extinção, não se desfizesse do prédio do Hotel Guadiana que comprou e recuperou com fundos do programa "Jessica", com o objetivo de criar uma unidade hoteleira de cinco estrelas.
 
Segundo a CDU a empresa municipal quer vender a fração do prédio ao Banco Comercial Português, por cerca de três milhões de euros e solicitou à autarquia que não exercesse o direito de preferência, como é sua prerrogativa, por o edifício se situar na Zona Histórica Pombalina da cidade de Vila Real de Santo António.
 
O edifício foi expropriado pela Câmara Municipal, quando se encontrava em tribunal por litígio, ainda não resolvido, sobre direitos de propriedade, com a alegação de utilidade pública.
 
A CDU assinala em nota enviada à comunicação social, que neste edifício, "foram investidos fundos públicos e fundos comunitários avultados para uma recuperação e transformação em unidade hoteleira de cinco estrelas, sendo apresentada como ex-libris na recuperação da imagem turística da cidade e do concelho".
 
Refira-se que a SGU encontra-se em processo de extinção por incapacidade financeira até 31 de dezembro de 2019, já aprovada pela Assembleia Municipal e os bens desta sociedade devem reverter para o património do município em 1 de janeiro de 2020.
 
A CDU critica ainda o facto de na proposta aprovada da câmara municipal, "nem sequer existirem ónus sobre a venda que salvaguardem a câmara municipal da desobrigação de quaisquer responsabilidades futuras a serem assumidas pelo município, caso a câmara venha a perder no processo de expropriação".
 
A CDU diz ter solicitado à presidente da Câmara Municipal, que é também presidente do Conselho de Administração da SGU, que retirasse a proposta de venda e a devolvesse à SGU para anulação pelo Conselho de Administração.
 
Com a rejeição foi proposto em alternativa que fosse votado favoravelmente o exercício do direito de preferência, entrando o valor proposto no ajustamento de contas final entre o Município de Vila Real de Santo António e a Sociedade de Gestão Urbana, em tempo de liquidação, proposta que o PSD também rejeitou.
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Despiste na Via do Infante com um morto

Despiste na Via do Infante com um morto

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Em março Algarve oferece-lhe cultura, desporto, animação e bons sabores

Em março Algarve oferece-lhe cultura, desporto, animação e bons sabores

ver mais
 
I Liga:Portimonense / Vitória de Setúbal sem golos

I Liga:Portimonense / Vitória de Setúbal sem golos

ver mais
 
Governo alarga até 90 dias compensação salarial por interdição de pesca por motivos de saúde pública

Governo alarga até 90 dias compensação salarial por interdição de pesca por motivos de saúde pública

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio