Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Alunos alemães realizam estágio profissional na Câmara Municipal de Lagoa

Alunos alemães realizam estágio profissional na Câmara Municipal de Lagoa
Imprimir Partilhar por email
05-10-2019 - 07:58
Quatro alunos da Escola Profissional de Engenharia Elétrica e Tecnologias de Informação Heinrich Emanuel Merck, em Darmstadt (Alemanha), estão a realizar um estágio profissional na Câmara Municipal de Lagoa, com a duração de três semanas, no âmbito do projeto Erasmus + «KA1 – Projeto de Mobilidade Individual para fins de Aprendizagem».
 
Os estudantes Pascal Fischbach (21 anos), Jan Hönig (20 anos), Eric Klopfleisch (24 anos) e Eric Sauerwein (20 anos), estagiários na Deutsche Telekom e alunos na escola Heinrich Emanuel Merck, candidataram-se ao projeto de mobilidade nos domínios da educação, da formação e da juventude e estão sob a coordenação dos professores Frank Stecher (Heinrich Emanuel Merck) e Luís Conduto (ESPAMOL). 
 
De acordo com informação avançada pela autarquia em nota de imprensa, a escola em que estudam conta com cerca de 1300 alunos e 100 professores e oferece uma forma de ensino em “formação profissional dupla” (dual vocational training) em tecnologias de informação, onde os alunos frequentam aulas e ao mesmo tempo integram estágios em empresas da área.
 
Ao longo dos últimos dez anos a ESPAMOL tem recebido e enviado regularmente alunos, duas a três vezes por ano, no âmbito do programa europeu Erasmus+, que financia todas as despesas dos alunos. Este projeto tem como objetivo facilitar a inserção no mercado de trabalho aos alunos dos cursos profissionais e promover a transparência de qualificações. As experiências anteriores tiveram alunos originários de França, Itália, Holanda, Irlanda, Escócia, Alemanha, Noruega e Espanha.
 
O Município de Lagoa adianta que tem vindo a integrar estagiários nas áreas das tecnologias de informação das várias escolas secundárias do concelho e concelhos vizinhos ao abrigo do projeto Smartcity: Lagoa, sendo esta a primeira vez que recebe alunos estagiários de outro país.
 
 
Como plataforma integradora de sensorização o Município disponibiliza a estes estudantes uma plataforma educacional, ainda em desenvolvimento, para a construção de microssatélites Cubesat, colocando a tecnologia espacial nas mãos dos estudantes e permitindo que construam os seus próprios modelos de satélites e realizem experiências espaciais reais. Desta forma, utilizando diferentes microcontroladores e vários componentes eletrónicos de baixo custo, será construído um modelo dotado da capacidade de realizar leituras e recolha de dados através dos sensores de ultravioletas, temperatura, luminosidade e infravermelhos. O posicionamento geográfico do modelo usa um GPS, um giroscópio, acelerómetro e magnetómetro. Relativamente às comunicações entre o modelo e a plataforma web, onde são disponibilizados todos os dados, serão utilizadas as tecnologias Bluetooth e LoRaWAN.
 
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Comissão Nacional do Território e CCDR Algarve alinhadas quanto ao licenciamento de casas móveis

Comissão Nacional do Território e CCDR Algarve alinhadas quanto ao licenciamento de casas móveis

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Brás de Alportel informou sobre apoios existentes a emigrantes que regressem a Portugal

São Brás de Alportel informou sobre apoios existentes a emigrantes que regressem a Portugal

ver mais
 
Festival de Órgão do Algarve nas Igrejas de Faro, Portimão, Boliqueime e Tavira

Festival de Órgão do Algarve nas Igrejas de Faro, Portimão, Boliqueime e Tavira

ver mais
 
Autores algarvios apresentam "Lendas Alentejanas"

Autores algarvios apresentam "Lendas Alentejanas"

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio