siga-nos | seja fã
PUB
 

Mau Tempo:Loulé lamenta perda de vida humana e reúne Conselho Municipal de Proteção Civil

Mau Tempo:Loulé lamenta perda de vida humana e reúne Conselho Municipal de Proteção Civil
Imprimir Partilhar por email
04-11-2015 - 19:35
O mau tempo que afetou o Algarve e o concelho de Loulé, em particular a freguesia de Quarteira.
 
Situação que motivou a realização de um balanço da atuação do dispositivo de proteção civil e das consequências da intempérie pelo presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo. 
 
Ocasião para reafirmar o pesar pela perda de uma vida nas cheias em Boliqueime. “ Já o fizemos pessoalmente, durante uma visita ao local, mas queria apresentar agora publicamente as condolências da autarquia à família enlutada”, afirmou o edil.
 
Relativamente à atuação do dispositivo municipal de proteção civil – Bombeiros Municipais, forças de segurança, Serviço Municipal de Proteção Civil e outros serviços municipais e das freguesias – durante as cheias, o presidente da autarquia louletana sublinhou que estiveram “à altura das ocorrências e com capacidade de resposta para as situações que surgiram ao longo do dia”.
 
Durante a manhã de segunda, o presidente da autarquia, o vereador do pelouro e o presidente da Junta de Freguesia de Quarteira acompanharam o Ministro da Administração Interna, João Calvão da Silva, durante uma visita à cidade de Quarteira. 
 
Numa altura em que ainda decorriam os trabalhos de limpeza, os responsáveis tiveram oportunidade de contactar a população afetada pelas cheias, sobretudo os muito comerciantes que tiveram consideráveis prejuízos.
 
O executivo municipal de Loulé reuniu com o presidente da Assembleia Municipal de Loulé, Adriano Pimpão, para avaliar a situação e ponderar futuras medidas que contribuam para minimizar o impacto de fenómenos como o que ocorreu no domingo. Por solicitação de Vítor Aleixo, em breve terá lugar uma reunião extraordinária do Conselho Municipal de Proteção Civil, organismo composto por diversas entidades que têm como principais objetivos a prevenção de situações de risco e a proteção da população em casos de emergência.
 
Consciente dos riscos, da maior frequência deste tipo de fenómenos meteorológicos, a Câmara Municipal de Loulé aderiu, este ano, ao projeto ClimAdaPT, promovido pela Agência Portuguesa do Ambiente e desenvolvido para apoiar financeiramente a atuação em matéria de adaptação. 
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Cristovão Norte diz que Primeiro-Ministro falta "flagrantemente à verdade" a respeito do Hospital Central do Algarve



-

Silves acolhe XI Concurso de Vinhos e 2ª edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve



-

Município de Silves adquire mais aparelhos de combate à solidão e isolamento de idosos



-

UALG: 68 estrangeiros vão a exame que lhes permite adquirir nacionalidade portuguesa



-

Lagos abre inscrições para monitores do OTL –"Viver o Verão"



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Algarve tem nova praia a "Verdelago"

Algarve tem nova praia a "Verdelago"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cristovão Norte diz que Primeiro-Ministro falta "flagrantemente à verdade" a respeito do Hospital Central do Algarve

Cristovão Norte diz que Primeiro-Ministro falta "flagrantemente à verdade" a respeito do Hospital Central do Algarve

ver mais
 
Faro dá início a consulta pública sobre "NDT" para 1030 camas

Faro dá início a consulta pública sobre "NDT" para 1030 camas

ver mais
 
Silves acolhe XI Concurso de Vinhos e 2ª edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve

Silves acolhe XI Concurso de Vinhos e 2ª edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio