Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Não basta querer, é preciso fazer!

Não basta querer, é preciso fazer!
Imprimir Partilhar por email
23-10-2018 - 10:43
São muitas as teorias em torno daquilo que nos pode conduzir à melhoria da qualidade de vida e das relações que vivemos, entre a diversidade, sabemos a importância de querer para mais depressa conseguir concretizar.
 
Há quem defenda que se quisermos muito uma coisa, mentalizamo-nos e concentramo-nos nesse objetivo e acabamos por conseguir conquistá-lo.
 
Apesar da simplicidade com que se pode focar um objetivo, é essencial ter em conta que, quem tem esse desejo mais facilmente o concretiza por um simples motivo: trabalha nesse sentido, pelo que se pode afirmar que é importante querer, mas ainda mais fazer.
 
É dessa capacidade de reação em função do estímulo que se realizam as tarefas e se procuram as melhores condições para realizar, para transformar aquilo em que pensávamos em algo novo. Pensar, depois organizar as ideias e, finalmente colocar em prática esses mesmos ideais para poder atingir um determinado fim.
 
Nesta abordagem percebe-se que, muito mais do que ter uma ideia, conseguir a sua representação positiva em termos mentais, torna-se fundamental orientar as ações para esse sentido.
 
Se queremos saber falar melhor inglês, temos de querer, mas depois temos de fazer algo como procurar uma escola que nos possa ajudar a melhorar esses conhecimentos. Para além disso, é preciso ter em mente o trabalho e o esforço necessários e dar uma utilidade a esse saber, sob pena de se perder a motivação a meio do percurso.
 
Os nossos objetivos ganham assim consistência, porque têm um sentido real e prático. Eis a importância de aliar a teoria à prática para alcançar o que se pretende.
 
O mesmo pressuposto estende-se a uma mudança de vida, a uma alteração no emprego, a uma mudança de casa e daí por diante.
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Não podemos tratar bem quem nos trata mal



-

Conheça os 10 tipos de pessoas que fazem mal à saúde



-

Saiba como lidar com a “superioridade ilusória”



-

É possível viver sem máscaras?



-

É a carência afetiva que nos inquieta



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Vila do Bispo:Veleiro francês afunda-se resultando numa vítima mortal

Vila do Bispo:Veleiro francês afunda-se resultando numa vítima mortal

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Futsal:Inter-Vivos conquista só com vitórias torneio de abertura do Sotavento

Futsal:Inter-Vivos conquista só com vitórias torneio de abertura do Sotavento

ver mais
 
Albufeira acolhe IV Encontro Internacional de Voluntariado

Albufeira acolhe IV Encontro Internacional de Voluntariado

ver mais
 
Domingos Caetano canta clássicos nacionais em Olhão

Domingos Caetano canta clássicos nacionais em Olhão

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio