siga-nos | seja fã
PUB
 

Encefalite

Imprimir Partilhar por email
08-08-2013 - 17:07
Este é um problema de saúde que pode apresentar alguma gravidade e que deve ser diagnosticado em tempo útil, isto porque se trata de uma inflamação aguda do cérebro.
 
Estas inflamações geralmente são causadas por uma infecção viral. Podem ser causadas por uma infecção bacteriana, como na meningite bacteriana, ou podem ser uma complicação de outras doenças infecciosas, como a raiva (gripe) ou sífilis (bacteriana). 
 
Acontecem em certas infestações de parasitas e protozoárias, como toxoplasmose, malária, ou meningoencefalite amoébica primária. 
 
De salientar ainda que, também podem ocorrer encefalites em pessoas com o sistema imunitário comprometido. 
 
É de ter em atenção que, uma lesão cerebral acontece quando o cérebro inflamado é empurrado contra o crânio, o que pode conduzir à morte. 
 
Tipos: 
 
Existem vários tipos de encefalite, como sendo, Encefalite viral, Encefalomielite, Meningoencefalite, Encefalite límbica e Leucoencefalite hemorrágica aguda. 
 
Sintomas: 
 
Os pacientes com encefalite apresentam febre, dor de cabeça, e fotofobia com fraqueza e convulsões. 
 
Com menos frequência, pode acontecer rigidez no pescoço, em casos raros de pacientes que também sofrem de dureza nos membros, lentidão nos movimentos e desequilíbrio. 
 
Os sintomas estão associados à área do cérebro afectada pelo que devem ser correctamente investigados e no menor tempo possível. 
 
Os sintomas das encefalites são causados pelos mecanismos de defesa do cérebro que são activados para o proteger da infecção. 
 
Outro sintoma de encefalite é a alucinação. 
 
Podem ainda ocorrer outros sintomas mais expressivos da doença como sendo, a afectação meníngea, com meningismo ou rigidez na nuca e cefaléia. 
 
São igualmente conhecidos casos de alterações de consciência, com letargia, que podem progredir ao estupor e coma. 
 
Alterações de linguagem e afasia. 
 
Alterações visuais, auditivas e sensoriais. 
 
Diabetes insípido ou secreção inadequada de ADH, nos casos em que o hipotálamo e a hipófise são afectados. 
 
Causas: 
 
Algumas encefalites podem ser causadas por uma gama de conflitos. É comum ter em conta a raiva, ainda que, também podem ser desencadeadas por HIV. 
 
Diagnóstico: 
 
Nunca é demais referir que, o primeiro passo a dar em caso de suspeita ou de sintomas, o médico assistente deve ser o primeiro profissional de saúde a ser contactado. Depois, a avaliação requer algum conhecimento prévio, uma vez que os sintomas precisam de ser contextualizados no quadro do paciente. 
 
É de anotar que, os pacientes adultos com encefalites apresentam febre, dor de cabeça, confusão, e, às vezes, ataques epilépticos. No caso de crianças e jovens, estes podem apresentar irritabilidade, anorexia e febre. 
 
Exames neurológicos normalmente revelam um paciente sonolento ou confuso. Pescoço duro, devido à irritação das meninges que cobrem o cérebro, indicando que o paciente tem meningite ou meningeoncefalite. 
 
O exame do fluido cerebrospinal normalmente obtido por um procedimento de punção lombar revela quantidades elevadas de proteína e células brancas com glicose normal. No entanto, numa porcentagem significativa de pacientes, o fluido cerebrospinal pode ser normal. 
 
Abcesso cerebral é mais comum em pacientes com meningite do que com encefalite. A hemorragia também é pouco vulgar nestes casos. 
 
Para proceder a um melhor diagnóstico, por norma o médico prescreve uma ressonância magnética, já que este exame oferece uma melhor resolução. Em pacientes com encefalite por herpes simples, o eletrencefalógrafo pode mostrar ondas afiadas em um ou ambos os lóbulos temporais. 
 
O procedimento de punção lombar só é executado depois que a possibilidade de o cérebro inchar for excluída por uma CT. 
 
O diagnóstico é feito, frequentemente, com a descoberta de anticorpos no fluido cerebrospinal contra um agente viral específico, ou através da reação em cadeia da polimerase que amplia o RNA ou o ADN do vírus responsável. 
 
Tratamento: 
 
Por se tratar de doenças virais, por norma, o médico não prescreve anitbióticos. A única vacina disponível para prevenção é para a encefalite japonesa. 
 
Com a excepção da encefalite por herpes, o esteio de tratamento é o alívio dos sintomas. As pessoas com encefalites são mantidas hidratadas com fluidos IV, enquanto é monitorizado o cérebro. Anticonvulsivos podem ser dados para o controle de ataques epilépticos. 
 
Esteróides não foram estabelecidos como sendo efectivos. É de realçar que, a Encefalite de herpes pode causar morte rápida se não diagnosticada e tratada prontamente. 
 
Para cada caso será estudada a forma mais correcta de intervenção, sendo que a brevidade no recurso ao médico pode fazer toda a diferença na resolução do problema. 
 
Refira-se que, estão em estudo novas terapêuticas com vista a dar resposta a este tipo de encefalites. 
 
Nota: Entenda este artigo como meramente informativo e um ponto de partida para procurar auxílio médico atempado quando existirem alguns sintomas.
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Envelhecimento



-

Ébola



-

Esquizofrenia



-

Epilepsia



-

Estrabismo



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Bolo-rei gigante de Olhão foi este ano oferecido "por opção"

Bolo-rei gigante de Olhão foi este ano oferecido "por opção"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Uber e Re-food convidam motoristas e utilizadores a juntar-se a causa solidária

Uber e Re-food convidam motoristas e utilizadores a juntar-se a causa solidária

ver mais
 
Seis arguidos acusados pelo Ministério Público por burla que rendeu mais de 800 mil euros

Seis arguidos acusados pelo Ministério Público por burla que rendeu mais de 800 mil euros

ver mais
 
Terceira edição das "Estátuas Vivas no Natal" atraiu muitos visitantes a Lagoa

Terceira edição das "Estátuas Vivas no Natal" atraiu muitos visitantes a Lagoa

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio